20/02/18

Opinião: "Talento para Matar" de Andrew Wilson

"Agatha Christie encontra-se em Londres para reunir com o seu agente literário. Está perturbada ao subir para o comboio, pois descobriu recentemente que o marido lhe é infiel. Um toque nas costas fá-la desequilibrar-se, mas é rapidamente ajudada por alguém. Porém, não se trata de um anjo da guarda mas sim de um chantagista manipulador da pior espécie… e os acontecimentos que se seguem são verdadeiramente aterradores. Escrever sobre homicídios é bem diferente de cometê-los, e Agatha Christie terá de recorrer ao seu aguçado engenho para impedir que o seu adversário consiga o que pretende: que ela cometa um crime por ele.
No dia 3 de dezembro de 1926, Agatha Christie desapareceu, reaparecendo apenas dez dias depois. A Rainha do Crime recusou falar sobre isso e o mistério nunca foi desvendado. Até aos dias de hoje ninguém sabe o que - ou melhor, quem - terá sido a causa do seu desaparecimento… 

Cruzando ficção e realidade, Andrew Wilson inspirou-se nesse enigma da vida real e transformou-o num empolgante e negro policial. Em Talento Para Matar, Agatha Christie passa de autora a protagonista de um mistério que em nada fica atrás da sua melhor ficção."

Wook.pt - Talento Para Matar : O Mistério de Agatha Christie
Boa tarde, leitores!!

Hoje trago-vos a minha opinião acerca de um livro que me deixou curiosa desde o momento em que foi publicado lá fora: Talento para Matar de Andrew Wilson, uma novidade das Edições ASA.

Desta vez, temos a famosa Rainha do Crime, Agatha Christie, como protagonista de um mistério em vez de autora de um. Aliás, o que mais me chamou a atenção neste livro foi o facto de ser inspirado em factos verídicos, visto que Agatha Christie desapareceu efetivamente durante onze dias em dezembro 1926.

O mistério presente neste livro é, obviamente (ou será que não?), ficção, mas não fica nada afastado dos brilhantes mistérios escritos pela Rainha do Crime. A escrita é fantástica e lê-se muitíssimo bem, apesar dos longos capítulos.

Também gostei bastante da forma como o autor pegou em factos reais e os conseguiu transformar de modo a inseri-los nesta ficção, a qual é digna de Christie. Afinal de contas, um plot em que a personagem principal é emboscada por um estranho que lhe faz chantagem para cometer um crime parece algo saído dos livros a que autora nos habituou, não é verdade?

A mistura entre factos e ficção foi também muito bem conseguida em relação às personagens! Gostei bastante de ver o diferente rol de personagens que acabaram envolvidas, ou pelo menos relacionadas, neste desaparecimento e a forma como o autor conseguiu criar um background e um papel na história baseado nos factos que tinha.

É claro que não posso deixar de mencionar o inteligente plano arranjado por Agatha para conseguir resolver o seu dilema. Tenho de admitir que fiquei na dúvida em relação a qual seria o desfecho que a escritora iria dar ao plano arquitetado pelo seu chantagista, mas o final, sem dúvida, que não desilude!

Deste modo, resta-me apenas recomendar este livro a todos os fãs do género policial/mistério e fãs de Agatha Christie e também àqueles que se interessam por aquilo que se pode ter passado neste negros onze dias de novembro, sobre os quais a autora nunca falou.

Classificação: 4,5/5

Uma leitura com apoio da
Foto de Edições ASA.

16/02/18

Opinião: "Já te disse que te amo?" de Estelle Maskame

"Eden, de dezasseis anos, vai passar o verão na Califórnia com a nova família do seu pai, numa tentativa de esquecer o drama que deixou em casa. Mas quando conhece Ella, a madrasta, e os seus três filhos, Eden mal sabe o que a espera. 

O filho mais velho de Ella, Tyler Bruce, é um autêntico bad boy: sedutor, egocêntrico, violento... Eden não o suporta. Mas com o passar do tempo, Eden descobre nele uma grande fragilidade, consequência de um passado difícil. Ao tentar perceber a verdade sobre TylerEden dará por si a apaixonar-se pela única pessoa por quem isso não devia acontecer... Já Te Disse Que Te Amo? é um romance que os fãs de Anna Todd e da série After vão adorar."


Resultado de imagem para já te disse que te amo? estelle maskame editorial presença

Boa sexta-feira, leitores!!

Hoje trago-vos a minha opinião sobre uma novidade da Editorial Presença: Já te disse que te amo? de Estelle Maskame.

Tal como é indicado na capa, este livro é ideal para os fãs da série After (tal como eu!), uma vez que estes livros têm bastantes pontos em comum: não só começaram por ser publicados na plataforma Wattpad, como se tornaram autênticos fenómenos mundiais, cuja história se centra num casal que a princípio se dá bastante mal, mas que acaba por se apaixonar.

No entanto, nesta trilogia, temos um romance muito mais intenso do que o de Tessa e Hardin, devido a todos os segredos e mentiras a que a relação obriga e também todos os segredos de Tyler que Eden não descobre senão no final.

Achei fantástico o facto de uma autora tão jovem abordar temas tão importantes como as drogas e o álcool. No entanto, tenho de admitir que achei bastante frustrante o facto de Eden ter um comportamento demasiado infantil para a sua idade (basicamente não tinha vontade própria e fazia muitas coisas contra os seus ideias só porque os outros também as faziam).

Um outro aspeto que me agradou (e que torna a leitura deste livro bastante agradável) é a escrita incrível da autora, especialmente as descrições de Los Angeles e dos arredores que deixam o leitor com a sensação de se estar verdadeiramente lá.

Também achei incrível a forma bastante precisa como a autora descreveu a vida familiar desta "segunda família" de Eden: os conflitos com o pai que a abandonou, a desconfiança da madrasta e a convivência um pouco constrangedora com os meios-irmãos.

É claro que agora mal posso esperar para ler o segundo e terceiro livros para saber como se vai desenvolver esta relação! 

Este livro revelou-se um leitura bastante agradável e simples, excelente para aquelas alturas em que não nos apetece ler nada muito pesado. 

Classificação: 4/5

Uma leitura com apoio da
presença

Para mais informações sobre o livro Já te disse que te amo?, clica aqui!

12/02/18

Opinião: "Solteiros Incorrigíveis" de Danielle Steel

"Eles eram melhores amigos e solteiros convictos. Charlie Harrington, um belo filantropo, tem expectativas tão elevadas para a noiva ideal que nenhuma mulher de carne e osso as pode atingir. Adam Weiss, um célebre advogado quarentão, prefere as mulheres bem jovens e sensuais e as relações breves… Quanto a Gray Hawk, um talentoso artista com queda para relações complicadas, não tem problema nenhum com as mulheres, é a ideia de ter uma família que ele não consegue conceber (especialmente tratando-se da família da mulher com quem namora…) Agora, os três amigos, que passam as férias de verão num cruzeiro pelo Mediterrâneo a bordo do esplêndido iate de Charlie, estão prestes a ver suas convicções abaladas. Chegado o outono, todos eles entram em relações que nenhum antecipara. À medida que mais um verão se aproxima e, com ele, mais um ponto de viragem na vida de cada um, terão de enfrentar aquilo que mais os assusta: o amor."

Wook.pt - Solteiros Incorrigíveis
Boa segunda-feira, livrólicos!!

Como é que está a correr o vosso Carnaval? Eu estou a aproveitar o meu para estudar, ler e pôr o blogue em dia ahaha!!

Por isso, hoje trago-vos a minha opinião sobre uma das mais recentes novidades da Bertrand Editora: Solteiros Incorrigíveis de Danielle Steel.

Ultimamente tenho andado mais numa onda de romances do que de policiais, por isso fiquei bastante entusiasmada quando recebi um exemplar deste exemplar, não só por ter críticas bastante positivas como também a autora ser bastante reconhecida.

Apesar de ter gostado bastante da escrita da autora (bastante acessível e sem grandes floreados), acabei por ficar um pouco desiludida com o facto de os capítulos serem muito grandes (especialmente os primeiros, porque para o final vão ficando mais pequenos). Os dois primeiros capítulos são também bastante repetitivos, no aspeto em que a autora descreve várias vezes o background destes três homens e aquilo que eles procuram numa mulher.

No entanto, para além deste facto, gostei bastante do facto de as personagens principais do livro serem homens e não mulheres, como estamos habituados. Também gostei bastante de ver estes três homens apaixonarem-se pelos seus opostos (ou por quem eles descreveriam como sendo o seu oposto).

Apesar de achar que a autora podia ter criado melhores personagens, tenho de admitir que acabei por gostar bastante da história em si. Apesar de ter tido um início um pouco aborrecido, o leitor acaba por se ver embrenhado na história e a desejar saber como vão acabar este solteiros inveterados!

Sem dúvida, um livro excelente para afastar as preocupações do dia a dia: uma boa dose de romance e a descrição das vidas a bordo de um iate no Mediterrâneo (um local onde muitos de nós gostariam de estar neste momento hahaha).

Classificação: 3,5/5

Uma leitura com apoio 

06/02/18

Opinião: "Os Sedutores" de Elizabeth Adler

"A morte repentina de Jolly, tia de Mirabella Matthews, surge como uma grande tragédia para a escritora. Mas traz também um novo começo, pois Mirabella passa a ser a proprietária de uma luxuosa mansão no Sul de França. Mas a herdeira rapidamente vai perceber que a fortuna traz consigo inesperados mistérios… e incontáveis perigos.

A caminho da Villa Romantica acontece um estranho incidente que por pouco não lhe tira a vida. E será o primeiro de vários… Aparentemente, Jolly era uma mulher mais complicada do que Mirabella pensava. Os homens do seu passado regressam agora com planos pouco ou nada claros. Num lugar onde tudo é belo, onde paira no ar o aroma a lavanda, pairam também segredos e perigo. Em quem pode Mirabella confiar? Quem é o homem que usa a máscara de um sedutor para ocultar a face de um assassino?

Com o detalhe e a mestria de que só Elizabeth Adler é capaz, o seu mais recente thriller vai prender o leitor da primeira à última página…"

Wook.pt - Os Sedutores
Olá, leitores!! Como está a correr a vossa semana até agora?

Hoje venho trazer-vos uma opinião que já era para vos ter trazido a mais de uma semana... o livro de hoje é Os Sedutores, o mais recente livro de Elizabeth Adler a ser traduzido pela Quinta Essência.

Mais uma vez, a autora transporta-nos para um destino de sonho: o Sul de França. Uma das coisas que mais me agrada nos livros de Elizabeth Adler é a forma magistral como a autora é capaz de descrever os locais onde os seus livros se passam (e para amantes de viagens, como eu, esse é, sem dúvida, uma ENORME ponto a favor)!

Para além desse detalhe, toda a escrita da autora é bastante acessível e a narrativa muitíssimo interessante, o que leva o leitor a agarrar-se às páginas do livro e não descansar enquanto não terminar. Foi o que aconteceu comigo! Hahaha!! Em cerca de três/quatro dias li o livro e só não o fiz mais depressa porque tive de estudar.

Também gostei bastante de ver a história ser contada através de vários POV, ou seja, através de diversos pontos de vista, o que fez com que todos os pormenores da narrativa chegassem ao leitor em vez de o livro acabar com pontas soltas.

O único aspeto negativo que tenho a apontar é a forma um pouco repentina como as personagens começam a desconfiar do culpado. O leitor sabe praticamente desde o início quem é, mas senti que num momento estava tudo bem e no momento a seguir as personagens começaram a desconfiar de certa pessoa. Mas tirando isso não tenho nada de negativo a apontar.

A construção das personagens também está muito bem feita (como já estamos habituados) e gostei especialmente do facto de a personagem principal, Mirabella, ser tratada mais como uma guerreira do que propriamente a típica "princesa em apuros". 

Como é óbvio, não podemos descurar o romance e o fantástico mundo dos incrivelmente ricos que a autora descreveu com tanto detalhe e realismo.

Por isso, se já são fãs da autora, com certeza não vão querer perder esta novidade! Se ainda não são... bem, esta é uma oportunidade tão boa como qualquer outra para se estrearem!

Classificação: 4,5/5

Uma leitura com apoio 
Foto de Quinta Essência.